80ª. Festa de São Sebastião

 

Com a chegada dos donainesenses que moram na capital, nas cidades vizinhas e noutros estados, a cidade se enche de gente bonita, animada e carente de festa. Assim, a partir do dia 16 já teremos forró pé-de-serra com Forró do Bom e Trio Paraibano para ir aquecendo. No dia 17 será a vez dos Paredões se apresentarem. Na tarde do dia 18 haverá a finalíssima do Campeonato Municipal de Futebol direto do estádio municipal. E depois ficamos por conta das atrações do cartaz acima.

As pessoas interessadas em colocar barracas de bebidas e de lanches, deverão procurar o Secretário Carlos Polaco. 

De maneira alguma será permitida a comercialização de produtos (lanches ou bebidas) na área reservada ao público para assistir e dançar durante os shows. Não insistam, pois os produtos serão removidos.

Os comerciantes que vem de cidades vizinhas, devem procurar o Sr. Polaco, para definir o local adequado. Quem deixar para o dia da festa os pontos de venda ficarão longe do miolo da festa.

Boa festa a todos! Viva São Sebastião!!!

 

A FESTA DE SÃO SEBASTIÃO 2014

 

A festa de São Sebastião foi muito movimentada. A quinta-feira colocamos trio elétrico e dois trios de forró se apresentaram: Forró do Bom e Trio Paraibano. Na sexta foi a vez dos paredões fazerem o som típico da moçada.

 

Na sexta-feira também aconteceu a entrega dos novos coletes com frente e verso (amarelo e azul) para os jogadores veteranos. Logo após aconteceu um jogo de confraternização dos veteranos e visitantes.

 

O sábado também teve esporte na Serra com o encerramento do campeonato municipal. A Portuguesa campeã fez um jogo para entrega das faixas contra o Penharol de Araruna-PB e recebeu o troféu e a premiação. Os demais times também receberam suas prendas das mãos do Prefeito Antonio Justino. O Barcelona disputou com o Cruzeiro e venceu ficando em segundo lugar no certame. Houve também a premiação do artilheiro e do melhor goleiro da competição.

 

Agora vamos falar da festa do sábado, que são muitas e muitas emoções. A festa é feita pra você. Fizemos o melhor possível. Fizemos tudo que estava ao nosso alcance. Obrigado por participar.

A super festa com 4 bandas no sábado terminou às 4:15 da manhã depois de muita badalação na pista, no camarote oficial com o Prefeito Antonio Justinorecebendo todos que passaram por lá, nas barracas, no palco, etc. Clima de festa e de grande confraternização entre os donainesenses de casa e os que moram fora. A festa de São Sebastião é um grande encontro. No sábado tivemos as bandas Forró da Night, Forrozão os Tops, Banda Cascavel e finalizando Duquinha e Banda. 

Durante o domingo de festa de São Sebastião, tivemos diversos momentos importantes: 1 - aconteceu a procissão pelas ruas da cidade (sob um clima de preparação de fortes chuvas - que não caíram na Serra) e pudemos ver a tradição dos arranjos nas casas em homenagem ao Santo; a corrida de motocross e seus motoqueiros animados; a galera curtindo na praça e nos bares com amigos que chegam de todas as partes; o palco da festa sempre com alguma movimentação para brilhar à noite. 

 

O domingo é sempre o dia mais importante da festa e todo mundo passa por lá. Aos 80 anos de festejos de São Sebastião, tivemos grandes momentos de puro êxtase. O donainesense Chico Neto abriu os trabalhos. Ao mesmo tempo o Prefeito Antonio Justino recepcionava o Vice-Governador Rômulo Gouveia e a Deputada Estadual Eva Gouveia em sua residência, em companhia de amigos, políticos e empresários do município. No palco, nos camarotes, na praça pública a festa rolava solta. Na sequencia Forro Pegada com Estilo subiu ao palco e também fez a moçada dançar. Agora o Prefeito e sua comitiva já estavam na festa dando entrevistas para as rádios Rural e Talismã, e recepcionando populares que até lá se dirigiam.
A banda Cavaleiros do Forró atrasou para subir no palco, mas quando subiu, agitou demais a galera com suas atrações visuais, dançarinas e musicais, dando um show à parte. Enquanto isso tudo podia acontecer em algum ponto da festa com beijos, abraços, amassos e tudo mais que representasse curtição, divertimento e amizade, e fotos, muitas fotos... todo mundo no celular, no tablet, pulverizando alegria. E por fim subiu a banda Farra de Rico, que é sensação no momento em nossa região e realmente fez a galera ir à loucura com suas músicas e suas piadas e tiradas musicais. Foi realmente uma grandiosa festa, muita alegria, paz, sonhos e muita badalação, realizada num novo palco em que é possível ficar perto de tudo, ver tudo. A certeza de que no próximo será maior e melhor. 

 
Na noite de domingo aconteceram alguns problemas e o cantor Neco Lobão e sua banda não conseguiram se apresentar. Divulgamos abaixo um pedido oficial de desculpas (também publicado na página da Prefeitura no facebook) para deixarmos as coisas bem esclarecidas para a opinião pública, como é mister nessa administração.
 
Caros donainesenses, 
Viemos de público de forma oficial pedir desculpas ao cantor Neco Lobão e Banda e aos seus fãs pelo malgrado episódio que foi a não apresentação no palco conforme estava marcada e divulgada e esperada.
Uma sucessão de fatos contribuiu para esse desfecho negativo e praticamente todas não foram causadas por nós da organização do evento.
Todos lembram que a festa do padroeiro São Sebastião sempre terminava quando o sol ia alto e a última banda se apresentava. Por isso, foram contratadas 5 (cinco) bandas e para nós da Administração Municipal, todas subiriam ao palco, como sempre aconteceu nos anos anteriores.
Mas, devido aos índices de violência que se vê no Estado, o Governo, a Polícia Militar e o Ministério Público entraram em acordo e decidiram que as festas deveriam terminar às 4 horas da manhã. E poderia dar um desconto de até 30 minutos em caso de algum imprevisto ou se o chefe da segurança, no caso o Comando da Polícia Militar, assumisse o risco de prolongar a festa por mais alguns minutos, nunca passando das 5 horas – Como aconteceu no domingo. (Essa prática é recente, mas já temos um caso de um cantor que foi preso há poucos dias por não parar ao toque de desligar o som).
Com essa determinação em mãos, procuramos trabalhar para arranjar tempo para todas as bandas se apresentarem. Avisamos a todos os artistas dos horários e enfatizamos diversas vezes para chegarem cedo e serem rápidos nas passagens de som. Mas:
1 – no domingo, o som deveria ser ligado às 20:30h para ser testado e atrair o publico para o cantor Chico Neto se apresentar a partir das 21:00h. Ocorreu um problema no gerador, que só foi ligado às 20:55 (veja foto do pessoal trabalhando no gerador as 20:49h). Então começou a ligar e testar o som e ocorreu o atraso do baterista da banda. Então Chico Neto iniciou o seu show às 21:35h. Até aqui temos 35 minutos de atraso.
2 – quando terminou o primeiro show, a próxima banda deveria entrar e tocar rapidamente, mas demorou cerca de 40 minutos para conseguir se plugar e testar o som. E nós da organização ficamos em cima, falando com o dono do som, com o técnico, com os músicos, apressando, cobrando. Quem lida com banda, com palco, sabe como funciona. E a banda Pegada com Estilo esticou no palco porque a terceira banda não estava preparada, embora estivesse no local da festa há horas.
3 – a terceira banda (Cavaleiros do Forró) demorou muito a entrar – daria para ter entrado a meia-noite, mas atrasou-se e começou já passava de 00:40h. Fomos ao camarote para pedir pressa. Tocou até 02:50h.
4 – nesse momento deveria entrar Neco Lobão e Banda, que é prata da casa e sempre foi muito bem tratado, homenageado pela administração e pelo público, justamente pelo seu valor, conhecimento e capacidade indiscutíveis. Foi quando o dono do som (que foi o contratante direto das bandas de fora) chegou e disse que ia colocar primeiro a Banda Farra de Rico, para garantir a sua apresentação (devido ao horário), pois havia contratado por um valor acima de 20 mil e se não tocasse seria dinheiro demais a pagar, e o público estava ali principalmente para assisti-los, etc. Nós argumentamos que era em parte culpa do som (conforme citado acima), que era culpa das bandas que atrasaram (já falado acima) e que não poderíamos penalizar o nosso artista da terra. O dono da banda pediu que apelássemos para o Chefe de Segurança da PM, para que esticássemos o horário.
5 – Avisamos ao cantor Neco Lobão e ele recebeu a noticia com muito pesar, mas acatou. Avisamos que receberia o seu cachê mesmo que não se apresentasse. Mesmo assim ele disse que subiria ao palco, a hora que fosse, se tivesse a permissão da PM.
5 – Então depois de ‘passar’ o seu som, a banda Farra de Rico iniciou o seu show às 03:20. A PM definiu que a festa não poderia passar das 5:00 horas (por ser segundo dia, todos cansados, muitos jovens já haviam bebido além da conta e qualquer incidente poderia ter conseqüências drásticas).
E assim foi. Infelizmente o nosso maior representante não conseguiu se apresentar.
Da parte da organização da festa e da Administração, podemos dizer, e afirmar que em nenhum momento contribuímos para ocorrer tal fato. Na verdade, fomos pegos, fomos refém dessa normativa que ordena que as festas sejam terminadas às 4:00h com raras exceções, indo no máximo até às 5 horas. E reafirmamos que será realizado o pagamento integral à banda do cantor Neco Lobão, ao tempo que renovamos os nossos pedidos de desculpas.
Damos o incidente por encerrado, esperamos que nunca mais ocorra algo do gênero, pois tomaremos providências num próximo evento. Obrigado pela atenção.
Geraldo Guilherme
(Comissão Organizadora)
 
Veja as dezenas de imagens da festa na galeria própria.
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!